Belchior: Johnny, Johnny, esta noite, Johnny, pedirão tua alma*

sexta-feira, setembro 16, 2005

Johnny, Johnny, esta noite, Johnny, pedirão tua alma*


Foto: Osvaldo Praddo – Ag. O Dia

Imagino que tal qual o rico fazendeiro da parábola
(Lucas 12.16-20), Pedro Dom também pensou que veria mais manhãs, mais dias, e teria outras chances mais. Pedro pensou que dava para fugir mais uma vez, pensou que dava para se entregar amanhã, mas a morte chegou hoje. "Pobre Johnny, nem sabe que tem uma alma"*.
Quantas manhãs e chances de corrigir o mal, eu e você, leitor, ainda teremos?

* Trechos da música Extra do Katsbarnea